Inicio » Notícias » Um homem foi morto por assaltantes na frente da mulher e do enteado em uma parada de ônibus em Canoas

Um homem foi morto por assaltantes na frente da mulher e do enteado em uma parada de ônibus em Canoas

Um homem de 38 anos foi morto na frente da sua mulher e do seu enteado, de 8 anos, em uma parada de ônibus no bairro Igara, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, na noite de domingo (06). O latrocínio – roubo seguido de morte –  ocorreu na avenida Boqueirão, por volta das 21h30min.

Conforme a BM (Brigada Militar), dois criminosos abordaram a família e anunciaram o assalto. Enquanto o homem entregava os pertences, incluindo um telefone celular, a dupla atirou contra ele. Conforme a esposa, a vítima, identificada como Eliseo Trajano, não reagiu ao assalto. A família havia saído de um shopping na região.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada, mas o homem não resistiu e morreu no local. A Brigada Militar realizou buscas na região e capturou dois suspeitos: um de 19 anos e outro de 16. Eles confessaram o crime. Com a dupla, foram encontrados dois revólveres.

Facadas

Na noite de sábado (05), uma mulher de 45 anos foi morta a facadas pelo seu companheiro após uma discussão em Garibaldi, na Serra Gaúcha. O homem, de 56 anos, foi preso. Segundo a Polícia Civil, o caso é tratado como feminicídio. A vítima foi identificada como Jocelaine de Paula Neto.

Porto Alegre

Um homem que estava armado com uma faca foi morto por um brigadiano, na manhã de sexta-feira (04), na rodoviária de Porto Alegre, no Centro da cidade. Segundo informações da BM (Brigada Militar), o homem ameaçou pessoas no local e tentou agredir, de forma aleatória, um senhor de 56 anos que tomava café no local.

O caso ocorreu por volta das 8h. De acordo com testemunhas, o agressor estava transtornado. Ele não portava documentos. Um policial militar tentou desarmá-lo e teve de atirar para contê-lo, conforme a BM. Quando tentou atacar o senhor, que não chegou a ser golpeado, o homem disse que “hoje estava pelo crime”.

Litoral

Na quinta-feira (03), a Polícia Civil prendeu uma mulher e dois homens pelo crime de homicídio em Cidreira, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. A ação, realizada pela Delegacia de Polícia do município, foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Segundo o delegado Alexandre Souza, o crime ocorreu no dia 6 de dezembro, após uma discussão entre amigos e parentes. “Entre os presos, está o enteado da vítima, que utilizou uma panela de ferro para agredi-la na cabeça, provocando traumatismo craniano”, explicou o delegado.

Também na quinta-feira no Litoral Norte gaúcho, em Osório, a Polícia Civil prendeu um homem de 23 anos por envolvimento com o tráfico de drogas e homicídios. Segundo o delegado João Henrique Gomes, o preso é suspeito de integrar uma facção criminosa e de ter cometido no mínimo dois assassinatos com o uso de arma de fogo.

Autor: admin
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login

Perdeu sua senha?