Em uma nova operação ostensiva de fiscalização, a Receita Estadual deflagrou, nesta terça-feira (9), a operação Furniture (mobília, em inglês) que tem como objetivo recuperar cerca de R$ 10 milhões em ICMS que deixaram de entrar para os cofres públicos.

Os alvos da ação são quatro empresas cadastradas no Simples Nacional que eram utilizadas por uma grande empresa gaúcha, que atua no ramo de móveis planejados, para diluir seu faturamento.

Por meio da prática irregular, grande parte do lucro do negócio era direcionado a esses quatro contribuintes, que, por estarem enquadrados no regime de tributação simplificado, conseguiam gerar margens de lucro superiores a 250% entre os preços cobrados pela indústria e o varejo.

Por meio da busca e apreensão administrativa, a Receita Estadual procura provas e documentos físicos e digitais que confirmem os indícios apurados, subsidiando os trabalhos de auditoria fiscal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *