•  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tolerância zero para quem descumprir ações de prevenção ao novo Coronavírus

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) esteve reunido na manhã desta terça-feira (26), no salão nobre da Prefeitura Municipal de Uruguaiana.Na pauta do encontro, a adoção de medidas mais rígidas de prevenção e combate ao novo coronavírus no município, tendo em vista exageros cometidos e descumprimento de regras de saúde pública por populares em vários pontos da cidade, conforme relatos do secretário municipal de Segurança e Trânsito, Roberto Cabreira e dos promotores Luiz Antônio Barbará Dias e Vitassir Ferrareze. Desta forma, ações imediatas com a intenção de coibir a realização de atividades que gerem aglomerações em áreas de grande fluxo em Uruguaiana serão tomadas, tendo a participação direta dos órgãos de segurança pública, como Guarda Municipal, Brigada Militar, Polícia Civil e Polícia Federal. O comandante do 1º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira, tenente coronel Antônio Zinga Júnior, garantiu apoio para o cumprimento das medidas necessárias e corroborou com a necessidade de efetivação das mesmas. A força-tarefa reunindo os órgãos de segurança em âmbito municipal tem por objetivo fiscalizar o cumprimento de medidas de prevenção à Covid-19. “A meta é evitar aglomerações, redobrando os cuidados com a higiene e o distanciamento necessário, além da exigência do uso de máscaras”, ressaltou o promotor Vitassir Ferrareze. Conforme o promotor Luiz Antônio Barbará Dias também são necessárias ações para que os supermercados cumpram na íntegra as regras de distanciamento e número máximo de clientes no interior das lojas. *Não utilização de máscaras poderá gerar multa*Na próxima sexta-feira (29), o município deverá publicar novo decreto, já constando a exigência do uso de máscaras para a população, sob pena de aplicação de multa para quem descumprir o novo regramento. Da mesma forma será incluída no texto do decreto, a sugestão do delegado de Polícia Federal, Fabrício Padilha, para que todos os órgãos de segurança possam realizar a fiscalização e autuação daqueles que não seguirem as regras. Também foi sugerido durante o encontro o reforço no bloqueio de espaços públicos aos finais de semana em horários distintos, em que haja um maior fluxo de trânsito. Um estudo deverá ser realizado pela Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana (SEGTRAM) para que sejam incluídas novas áreas do município. A Prefeitura Municipal interditou praças, parques e a orla do rio Uruguai, desde março, como medida de prevenção. As ações serão intensificadas para cumprimento das normas de saúde pública, com sanções penais e administrativas aos infratores das regras, além de coibir outras situações, como a poluição sonora em áreas residenciais.Participaram do encontro, o secretário de Governo, Paulo Fossari, representando o prefeito municipal, presidente do GGI-M, Ronnie Mello; o secretário municipal de Segurança e Trânsito, Roberto Cabreira; o coordenador da Guarda Municipal, José Carlos Guarche da Rosa; os promotores Luiz Antônio Barbará Dias e Vitassir Ferrareze; os conselheiros tutelares, José Cléverson Teixeira e Maria Inês Rosa; o representante do Instituto Geral de Perícias, Tadeu de Miranda; o vereador José Clemente da Silva Côrrea; o delegado Fabrício Chedid Padilha, da Polícia Federal; o tenente coronel, Antônio Zinga Júnior, comandante do 1º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira; o capitão Ricardo Grunner, da Brigada Militar; o 1º tenente Ivaldo Jorge Trindade Martins, comandante do 3º. Pelotão Militar do Corpo de Bombeiros; o agente João Paulo Nunes, da Superintendência de Serviços Penitenciários; o policial militar Brutus Borges, representando o 4º. Pelotão Ambiental; e a delegada Alessandra Xavier de Siqueira, da 1º. Delegacia de Polícia Civil de Uruguaiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *