Para trazer mais segurança, modernidade e requisitos internacionais ao documento, o Conselho Nacional de Trânsito aprovou mudanças. A nova versão da carteira começa a ser emitida a partir de 1° de junho.
A substituição não é obrigatória, ocorrerá gradualmente para novas habilitações e à medida em que os condutores forem renovando ou emitindo a segunda via. As adequações buscam aproximar ainda mais o documento aos padrões internacionais. As alterações estão previstas na Resolução 886, de 13 dezembro de 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *